TV ALERJ

Participamos de debate com o Deputado Estadual Paulo Ramos juntamente coma Academia Brasileira da Cachaça levado ao ar pela TV da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Nesse debate procuramos expor a situação da informalidade do setor produtivo da cachaça do Estado. A marginalização do setor impede o acesso a programas de incentivo oferecidos pelos órgãos públicos e acessíveis somente a empresas formalizadas e fiscalizadas. Lembramos que o produtor que se regulariza alinha-se com a busca da qualidade, que é uma atitude empresarial sem a qual é impossível pensar em acesso a mercados cada vez mais exigentes.

Produtores de cachaça no Rio de Janeiro já são mais de quatrocentos